Acabou o Sonho! Portugal cai nas Meias contra a Croácia



A seleção Portuguesa encontrava a Croácia nesta primeira Meia-Final do Europeu de Sub-19 num jogo onde ambas as seleções procuravam então chegar à primeira final da história neste escalão.

Portugal quis desde muito cedo assumir o controlo do jogo e Čizmić teve desde o inicio do encontro que mostrar serviço.

Tomás Paço já tinha colocado o guarda-redes croata à prova quando aos 6 minutos a seleção portuguesa esteve muito perto de fazer o golo. Uma bela jogada de Chico que ia dando autogolo, seguido de um ressalto em Rui Moreira que embate no poste e novo remate de Rui a ser travado pelo guarda-redes.

Portugal esteve sempre por cima, com a Croácia a criar perigo apenas nas transições ofensivas que conseguia criar.

O jogo chegou mesmo 0-0 ao intervalo, existindo ainda na primeira parte outro lance a destacar quando Neves tocou de calcanhar para Tomás Paço, este serve dentro de área Sevio que rematou para corte de Rendić.

Foi mesmo preciso esperar pelo minuto 30 para ver o primeiro golo do encontro. Num lance perigoso de contra-ataque dos croatas, mas Neves deslizou e conseguiu impedir o remate de Jurlina. A bola sobrou depois para Bernardo Paço que colocou no chão e correu até muito próximo dos 10 metros finais do terreno onde serviu Célio Coque que rematou forte para o 1-0, num lance onde a bola passou entre as pernas de Čizmić.

A Croacia tentou então reagir mas sem criar grande perigo para Paço mas no ultimo minuto a estrelinha apareceu. Já pouco faltava para soar a buzina e já sem tempo para ensaiar uma jogada Jurlina fez um remate forte de muito perto do meio campo e esta passou no meio de 3 jogadores portugueses, mas só parou no fundo da baliza lusa.

Era um mau pressagio para o que vinha pois colocava a Croacia por cima moralmente e Portugal mais em baixo mas ainda assim foram os Portugueses que assumiram novamente o encontro no prolongamento, algo que lhes valeu um golo aos 44 minutos.

Reposição lateral que Gustavo bateu direto na área onde apareceu Nuno Chuva sozinho a finalizar para o 2-1 com que o jogo chegou ao intervalo deste prolongamento.

Mas o dia era mesmo de sorte para esta seleção croata e poucos segundos depois de Dani colocar uma bola no poste da baliza croata que estava com um jogador a assumir a posição de guarda-redes, eis que Vukelić tentou colocar a bola no interior da área e esta desviou em Tomás, traindo o seu irmão gémeo e restabelecendo a igualdade que se manteve até ao fim.

Nas grandes penalidades, Mudronja, Cvišić e Jurlina marcaram para os croatas, enquanto na seleção Portuguesa Tomás Paço e Célio Coque converteram as suas grandes penalidades mas Hugo Neves, jogador que chegava a esta fase já muito castigado e enervado fruto das 3 faltas que sofreu nos últimos minutos do encontro e que nenhuma delas foi assinalada pela equipa de arbitragem, acabou por falhar a sua grande penalidade, levando assim a Croácia à grande Final num jogo onde pouco fez para o merecer mas, onde mostrou muita maturidade e capacidade de sofrimento.


Vídeos
Allan é reforço do SC Braga/AAUM
Cavinato foi o detentor do melhor golo da Jornada 6
Taynan decide no último suspiro
Campeonato Nacional de Futsal Feminino | Top 3 Golos (Video)
José Luís Mendes: “Não fomos a equipa que gostávamos de ser”
Pedro Palas antevê partida das meias-finais frente à Croácia
José Luís Mendes: “Portugal vai jogar para ganhar”
José Luís Mendes: "Primeira parte muito bem conseguida"
José Luís Mendes: “Estivemos bastante bem”
Cerro Porteño conquista 5º titulo consecutivo no Paraguai
Ficha técnica | Lei da transparência | Estatuto Editorial