Débora Queiroz assina pelo Novasemente



Era também um dos grandes nomes que estava livre no mercado português, e que agora conhecemos o seu destino.

Débora Queiroz, tinha anunciado no final do mês de junho que estava de saída do Sporting ao fim de 5 anos (intervalados por uma passagem por Itália), e agora, mais de um mês depois já é então publico o seu destino.

A jogadora de 25 anos que começou a sua carreira no CRD Miratejo quando tinha 14 anos, e por lá ficou até se mudar para o Sporting em 2013, o primeiro ano do projeto de futsal feminino desse conjunto leonino.

Esteve dois anos no clube antes de se mudar para Itália onde representou o Thienese e o Woman Napoli, regressando depois ao Sporting em 2017, conquistando logo o estatuto de capitã de equipa, ela que envergou então essa braçadeira nas três temporadas que fez até esta mudança.

Na passada temporada ainda de verde e branco, Débora esteve em 16 dos 24 jogos e marcou por 4 vezes, ela que teve também nesta temporada de 2019/20 uma primeira chamada a estágio de observação da seleção nacional de sub-21, com vista a preparar o Mundial Universitário.

Em declarações à Zona Técnica sobre esta mudança, Débora admitiu que esta decisão de se mudar para o conjunto de Espinho teve grande influência pelo “interesse manifestado pelo Presidente em contar comigo. Este interesse não é recente, mas sempre respeitaram as minhas decisões e a verdade é que sempre considerei como uma possibilidade, tanto pela confiança e interesse demonstrado, mas também pelo prestígio do Novasemente no futsal feminino, uma equipa que todos os anos luta por títulos”, acrescentando ainda que “o facto de conhecer as jogadoras e as suas qualidades também teve influência”.

Outra das razões que pesaram nesta decisão foi “a possibilidade de prosseguir os estudos no Porto” que segundo a estudante de Psicologia foi algo “fundamental e ajudou a concretizar esta mudança”.

Sobre o seu novo clube Queiroz disse que este “é um projeto vencedor, como tem sido hábito” e numa já breve introdução aos objetivos disse que “passa por ganhar todos os jogos que disputamos e consequentemente conquistar todas as competições onde estamos inseridas” e complementou o discurso dizendo que isso “não foge à regra daquilo que é o Novasemente, faz parte do seu ADN”.

Quando questionada sobre os objetivos para a nova temporada, Débora afirmou que “os meus objetivos pessoais são criados também em função dos objetivos coletivos. Primeiro quero ajudar o Novasemente a alcançar todos os objetivos a que se propõe e depois, naturalmente, tenho algumas metas pessoais que quero atingir, mas mantendo sempre o foco principal no sucesso deste grupo”, ela que completou o seu discurso dizendo: “O mais importante para já́ é garantir que dou o meu melhor e me supero constantemente, para contribuir da melhor forma”.

Débora é assim a terceira contratação anunciada pelo Novasemente, juntando-se às 9 renovações, 2 subidas do plantel júnior, à regressada Lídia e à também contratação Martinha nesta versão 2020/21 do Novasemente que será liderada por David Lopes, técnico que se vai ter a sua primeira experiencia no Campeonato Nacional de Futsal Feminino.


Vídeos
Edu Sousa venceu o prémio de Melhor Guarda-redes da Liga Nacional de Futsal
Live | Gazprom-Yugra - Partido Comunista
Joaçaba é campeão da Recopa SC Krona
Resumo da Final entre o Movistar Inter e o Valdepeñas
Dividir Para Evoluir | Irene Samper, AD Alcorcon e Seleção Espanhola
#FicaEmCasaComFutsal - Jorge Braz - 01/05/2020
#FicaEmCasaComFutsal - Marcos Antunes - 30/04/2020
#FicaEmCasaComFutsal - Carlos M Silva - 29/04/2020
#FicaEmCasaComFutsal - Jorge Silvério - 28/04/2020
#FicaEmCasaComFutsal - João Nuno Ribeiro - 27/04/2020
Ficha técnica | Lei da transparência | Estatuto Editorial Politica Privacidade